Incentivos fiscais: Caiado caminha para vencer queda de braços com Adial e empresários

Disposto a enfiar a mão no vespeiro dos incentivos fiscais e promover corte drásticos nos benefícios, Ronaldo Caiado tem atuado com determinação e estratégia para vencer a queda de braços com a Adial, entidade que defende os interesses dos investidores, e empresários.

O governador eleito agiu como a operação Lavajato, Primeiro, jogou o bode na sala e vazou para a imprensa números e informações que mostram privilégios e discrepâncias na política de atração de indústrias. Com isso, ganhou o apoio da opinião pública, hoje plenamente favorável às tesouradas nas isenções.

Caiado contou para o sucesso de enredo com a incompetência da Adial, que assistiu calada ao avanço dos ataques aos incentivos fiscais.

Agora, o futuro governador caminha para vencer a disputa.