Dra. Cristina: “Com Andrey, Câmara está subordinada às vontades de Iris”

Integrante do Grupo dos 23, a vereadora Doutora Cristina (PSDB) é mais uma voz ativa da Câmara de Goiânia que defende uma nova gestão, com mais independência e autonomia, voltada para os projetos e programas que contribuam com o crescimento social e econômico da capital.

Em entrevista para o Jornal Opção desta semana, a tucana afirma que o presidente Andrey Azeredo (MDB) subordinou a Casa à agenda do prefeito Iris Rezende e que o Legislativo se resume à aprovação de datas comemorativas.

Hoje, a Câmara está subordinada às vontades do prefeito. O que se vê são projetos para criar semanas e dias específicos. Há três candidaturas com as quais tenho conversado, que são as dos vereadores Rogério Cruz, Wellington Peixoto e Romário Policarpo. Se eles de fato praticarem o que têm falado, a Câmara será melhor do que é hoje se qualquer um desses três for eleito presidente”, afirma a vereadora, em referência às candidaturas citadas no Grupo dos 23.