Com apoio de Kajuru, bloco que defende Câmara autônoma tem agora 23 vereadores

O vereador e senador eleito Jorge Kajuru (PRP) passa a integrar formalmente o bloco da Câmara de Goiânia que defende a eleição de um presidente autônomo, mas que não faça oposição ou atrapalhe a administração municipal. Assim, o Grupo dos 21, que na sexta-feira passou a ser integrado também por Milton Mercez (PRP), passa a ter 23 vereadores.

Kajuru confirma que passa a integrar o grupo que defende um presidente autônomo para a Casa. “Na sexta-feira, 22 vereadores se reuniram — comigo são 23 votos — e mostraram, que estão reunidos para lançar um candidato. Os nomes mais cotados são os de Romário Policarpo, o de Wellington Peixoto e o de Rogério Cruz. Um deles vai ser o presidente da Câmara”, disse.

“Os vereadores não querem um presidente submisso ao prefeito, como Andrey Azeredo, que se comporta como secretário de Iris Rezende, e não como presidente de um Poder, o Legislativo. Andrey não defende a Câmara, não defende os vereadores. Ele defende Iris Rezende e seus próprios interesses”, afirma Kajuru.