Goiás é reconhecido pela qualidade no ensino público e privado, mas Caiado escolheu forasteira para a Educação

Goiás é um estado reconhecido nacionalmente pela qualidade do ensino, seja ele público ou privado. No Ideb, índice que mede a qualidade das escolas públicas nosso Estado já foi primeiro colado. A fama das escolas particulares goianas no Ensino Médio é conhecida nacionalmente. Estudantes de todo o País se mudam para Goiânia para se preparar para os vestibulares mais difíceis do País, como Fuvest, Unesp, ITA, UFMG, UFG e outros.

Sem falar na qualidade dos nosso professores e pesquisadores. A goiana Celina Turchi, por exemplo, formada em Medicina pela UFG, já esteve entre as 10 cientistas mais importantes do mundo. Todo esse cenário fértil e formado por gente de muita qualidade foi desprezado pelo governador eleito Ronaldo Caiado.

Depois de fazer um mistério cansativo, Caiado anunciou nesta semana a professora paranaense Fátima Gavioli para a secretaria de Educação. Ninguém entendeu nada! Fátima tem carreira em Rondônio e foi secretária naquele estado, mas deixou a pasta após Rondônia tirar nota baixa no Ideb.

Outro curiosidade: Fátima vem para Goiás após ser derrotada na eleição para deputada estadual em Rondônia. Ficou parecendo um prêmio de consolação…