Daniel: “Caiado tenta transferir a responsabilidade da folha de dezembro para o governo anterior, mas os servidores são do Estado, não do governo passado”

No decálogo de críticas duras e pertinentes que fez ao governo de Ronaldo Caiado (DEM), o deputado federal Daniel Vilela (MDB) coloca os pingos nos is sobre a responsabilidade do pagamento da folha de dezembro do funcionalismo.

“(Caiado) tenta transferir a única responsabilidade da folha de dezembro para o governo anterior. Os servidores são do Estado e não do governo passado”, afirma Daniel, em defesa do direito dos funcionários públicos de receberem em dia o mês trabalhado. Pela Constituição, o governo tem até o décimo dia do mês seguinte ao trabalhado para pagar os salários em dia.

Seis dias após assumir o governo, Caiado se mantém no palanque eleitoral e tenta transferir para os ex-governadores José Eliton e Marconi Perillo, do PSDB, a responsabilidade pelo pagamento da folha e pelo que insiste chamar em caos fiscal do Estado. José Eliton entregou o governo com parte da folha empenhada e previsão da Secretaria de Estado da Fazenda de arrecadação suficiente nos primeiros 10 dias de gestão para quitação do restante.