Caderneta de fiado proposta por Caiado gera revolta e indignação nas redes sociais

O governador Ronaldo Caiado (DEM) segue se superando no exercício diário de produção de más notícias e vai aumentando a onda de indignação e revolta contra seus primeiros dias de gestão. O termômetro da insatisfação na era da informação é a internet, que nos últimos dias reverberou a tsunami de críticas contra o pedido de Caiado para que os prefeitos peçam para que farmácias e supermercados vendam fiado para os servidores com salários atrasados.

Nos portais e nas redes sociais do jornal O Popular e do Mais Goiás, a onda de críticas tomou conta dos comentários sob as reportagens dos dois veículos sobre o assunto. Vergonha, humilhação, descaso, piada, despreparo, cinismo e caloteiro foram as palavras mais repetidas pelos internautas para classificar a proposta vexatória de Caiado, que visivelmente constrangeu os participantes do evento em Jataí no qual o governador apresentou a fanfarronice.

Nos comentários, os internautas também classificaram a gestão de Caiado como “a pior da história”. Afirmaram que os servidores públicos não podem ser tratados com descaso e compararam o calote nos salários e a proposta de fiado como condições de trabalho análogas à escravidão. É muita coisa, caro leitor, para apenas 10 dias de governo.