Crise profunda: 90% das mensagens em grupos das polícias são críticas duras a Caiado pelo calote de dezembro

As críticas condenando o calote do governador Ronaldo Caiado (DEM) nos salários de dezembro seguem o assunto mais comentado nas redes sociais e entre os servidores. Nos grupos de WhatsApp das polícias, as críticas ao atraso representam cerca de 90% dos comentários negativos.

As categorias policias são as mais adiantadas e articuladas no enfrentamento ao calote. Nesta sexta-feira, duas associações protocolaram Mandados de Segurança no Tribunal de Justiça para forçar Caiado a fazer o pagamento imediato de dezembro. A folha venceu na quinta-feira, 10. A Ugopoci, União Goiana dos Delegados de Polícia, vai protocolar o seu na segunda-feira.