“Somos o sustentáculo do Estado”, afirma professora Marta, do Sintego, na assembleia geral de servidores

Representando o Sindicato dos Profissionais da Educação de Goiás (Sintego), a professora Marta discursa neste momento na assembleia geral de funcionários públicos contra o calote do governador Ronaldo Caiado (DEM) na folha de dezembro. “Somos o sustentáculo do Estado”, afirma a educadora, pedindo aos servidores que se mantenham firmes na mobilização contra o calote e o proposta de parcelamento dos salários.

“Não adianta o governador dizer que valoriza o servidor e, na primeira semana, começar a tratar mal todos os funcionários do Estado de Goiás”, afirma professora Marta, sob fortes aplausos. A assembleia geral reúne neste momento 47 associações e sindicatos de servidores em frente à sede da Secretaria da Fazenda (Sefaz), em Goiânia.