Ao derrubar aumento do IPTU, Câmara de Goiânia mostra que agora tem presidente de verdade

Ao derrubar o aumento na cobrança do ITU e do IPTU em 2019, a Câmara de Goiânia passa uma mensagem importante para o prefeito Iris Rezende (MDB): com o vereador Romário Policarpo (PROS) à frente da mesa diretora, o Legislativo da capital tem agora um presidente de verdade, determinado a levar adiante o compromisso de fazer uma gestão sintonizada com a população da capital.

A Câmara de Goiânia já havia barrado o aumento do ITU e do IPTU aprovando mudanças no Código Tributário da capital antes do encerramento das atividades legislativas de 2018. Mas o projeto, de iniciativa dos vereadores Alysson Lima (PRB), Elias Vaz (PSB) e Lucas Kitão (PSL), foi vetado por Iris nos últimos de dezembro.

Como a cobrança do imposto é executada nos primeiros dias do ano, o veto de Iris ao projeto aprovado pela Câmara de Goiânia poderia abrir caminho para que a Secretaria de Finanças emitisse os boletos com os novos valores. Percebendo a estratégia da prefeitura, Policarpo decidiu autoconvocar os vereadores durante o recesso parlamentar para a apreciar o veto.

Por 20 a zero – eram necessários 18 votos –, a Câmara de Goiânia derrubou o veto de Iris na manhã desta terça-feira e impediu o reajuste. “Agradecemos a todos os vereadores que compareceram a esta Casa para votar com a população de Goiânia”, disse o vereador Policarpo ao final da votação.