Governo manda Polícia, que também está sem receber, ficar de prontidão na frente do Palácio para inibir protesto de professores contra o calote

Policiais militares fortemente armados e viaturas da PM ficaram de prontidão na frente do PPLT durante o protesto de professores e servidores contra o calote pelo governo Caiado do salário do funcionalismo do mês de dezembro. Os manifestantes consideraram a medida um ato de intimidação.

Detalhe: os policiais também estão com salário em atraso.