Crise em Anápolis: numa canetada só, prefeito manda para a rua 300 servidores

Com a desculpa de que às vezes é “preciso cortar na carne e tomar decisões difíceis” pelo bem da cidade, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, anunciou esta semana um decretão de redução de mais de 300 cargos comissionados para “enxugar a máquina pública, reduzir custos e investir mais no município”.