Decreto de calamidade: Caiado exagera de novo no discurso de terra arrasada, mas dessa vez para esconder sua incompetência como gestor

Com o decreto, Caiado retoma o discurso de terra arrasada desmontado pela fracassada tentativa de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) da União, uma festinha política que durou pouco e não resistiu à análise das primeiras planilhas das contas públicas feita pelos técnicos do Ministério da Fazenda. O governador exagera de novo no discurso de terra arrasada, mas dessa vez para esconder sua incompetência como gestor. Afinal, já são 22 dias de mandato.