Passa de 40 número de escolas estaduais que deixaram de oferecer ensino integral com Caiado

O Jornal Anhanguera desta quarta-feira confirma que passa de 40 o número de escolas estaduais que deixaram de oferecer ensino em tempo integral – um direito adquirido pela população no governo passado e que foi retirado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM). Fala-se em 47 escolas.

No seu discurso de posse, Caiado disse que faria exatamente o contrário. Ou seja: que iria investir na ampliação do ensino integral (clique aqui para ler reportagem sobre a posse dele no jornal A Redação).

Na ocasião, o governador disse: “Nós temos um compromisso com a educação. Temos que chegar a 50% de escolas em tempo integral”.