AD

Em clima de insatisfação, policiais militares e bombeiros fazem assembleia nesta tarde para deliberar sobre salário de dezembro

Policiais e bombeiros militares fazem daqui a pouco, a partir de 14h, na sede da Assego, uma assembleia para deliberar sobre a crise do salário de dezembro, que o governador Caiado insiste em pagar de forma parcelada. O clima na corporação é de total insatisfação porque a policiais e bombeiros apoiaram em massa a eleição de Caiado.

O governador, no entanto, vem se mostrando um carrasco do servidor público. A possibilidade de início de paralisação é remota porque a legislação é dura contra policiais. Porém, nada está descartado.