Derrota de Cristiane e Caiado: secretário do Tesouro afirma que governo não vai flexibilizar regras para adesão no RRF

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e a supersecretária e primeira-ministra da Economia, Cristiane Schmidt, podem enfiar a viola no saco: a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) não vai flexibilizar critérios para ingresso do Governo de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

A afirmação é do titular da STN, Mansueto Almeida. Questionado sobre o tema pelo jornal O Estado de S.Paulo, ele disse que não há chance alguma de haver alteração de regras. “Questionado se o governo pretende flexibilizar as regras para entrar no RRF, o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, negou a possibilidade: ‘Sendo bem objetivo, não (haverá flexibilização)”.

Na semana passada, circularam rumores de que o superministro da Economia, Paulo Guedes, teria sinalizado com a flexibilização das regras para ingresso de Goiás e outros Estados na RRF. A STN já havia afirmado, há 15 dias, que a administração goiana “não é elegível” ao regime. O curioso é que Schmidt, indicada por Guedes para a equipe de Caiado, foi uma das fontes da reportagem da Folha de S.Paulo sobre a tal flexibilização. Agora se vê que tudo não passou de mais uma fake news caiadista.

Essa Cristiane!