Violência explode e coloca em xeque uma das principais bandeiras eleitorais de Caiado

Um dos principais mantras de Ronaldo Caiado na campanha foi o combate firme à violência no Estado. Seu primeiro mês à frente da administração, no entanto, mostra que nem tudo está saindo como planejado. Houve um surto de violência, principalmente na Grande Goiânia. Só em 10 dias, três cabeças foram decapitadas. Além disso, houve a morte violenta da motorista de aplicativo e tantos outros assassinatos.

Esse janeiro de 2019 deve bater recorde de homicídios, como já admitem membros do gabinete de Segurança Pública. Caiado e seu secretário forasteiro Rodney Miranda estão pressionados. Prometeram demais e estão fazendo pouco.