Maioria dos professores não confia mais no Sintego e coloca em xeque liderança de Bia de Lima

Cresce a insatisfação dos professores estaduais com o Sintego. A maioria dos servidores não confia mais no sindicato porque já perceberam que a presidente Bia de Lima parece disposta a fazer o jogo do governador Ronaldo Caiado. Os professores cobram o pagamento imediato do salário de dezembro para os aposentados. Muitos trabalhadores que tinham o chamado contrato temporário também não receberam janeiro.

O Sintego chegou a ensaiar um indicativo de greve, mas quando Caiado disse que pagaria de imediato quem ganhava até R$ 2,7 mil, o sindicato recuou. Os professores se sentem traídos pelo sindicato e por isso o movimento Mobilização dos Professores de Goiás vem ganhando força na categoria.