Cafonice: assessoria de Tejotinha cunha o termo “vice-primeira-dama” para denominar a vereadora Priscilla Tejota

Num flagrante sinal do gabinete paralelo ao de Ronaldo Caiado (DEM) montado por Lincoln Tejota (PROS), a assessoria de imprensa do vice-governador cunhou o termo vice-primeira-dama para identificar a mulher dele, a vereadora por Goiânia Priscilla Tejota (PSD). O termo aparece em releases enviados para a imprensa.

O termo primeira-dama é um herança machista dos tempos em que a política, num grau muito maior do que atualmente, era um campo reservado aos homens. Nas repúblicas e monarquias de primeiro mundo, as esposas ou maridos de chefes de executivo federal ou nacional são, já há muito tempo, definidos como consortes – os cônjuges  dos políticos.

Mais estranho ainda é que Priscilla, que tem mandato de vereadora, se deixe denominar vice-primeira-dama – se é que ela está sabendo da cafonice inventada pela assessoria do vice-governador.