MP-GO define nesta sexta-feira a lista tríplice para o cargo de Procurador-Geral. Nove candidatos disputam indicação

Será realizada nesta sexta-feira (8/2), no edifício-sede do Ministério Público, a eleição para procurador-geral de Justiça. Um total de 407 membros do Ministério Público de Goiás (promotores e procuradores de Justiça) está apto a votar. A votação será realizada na sala do Colégio de Procuradores de Justiça (sala 201), no edifício-sede do MP, com início marcado para as 8 horas e término às 17 horas.

O pleito terá nove candidatos concorrendo ao cargo, entre procuradores e promotores de Justiça (pela ordem dos nomes na cédula, definida em sorteio): Mário Henrique Cardoso Caixeta, Benedito Torres Neto, Carlos Alberto Fonseca, Leila Maria de Oliveira, João Teles de Moura Neto, Aylton Flávio Vechi, Umberto Machado de Oliveira, Fernando Aurvalle da Silva Krebs e Villis Marra Gomes. A eleição visa à formação de uma lista tríplice. A relação será encaminhada ao governador Ronaldo Caiado, a quem cabe a nomeação do novo chefe do Ministério Público.

O voto será manual, com o uso de cédulas com o nome dos candidatos. A votação será acompanhada pela Comissão Eleitoral, que é presidida pelo procurador Wellington de Oliveira Costa e integrada pelos procuradores Sérgio Abinagem Serrano e Sandra Beatriz Feitosa. Às 8 horas, antes do início da votação, haverá o lacre da urna.

Indicação para o CNMP e CNJ
Simultaneamente à eleição para procurador-geral, será realizada a escolha dos membros do MP-GO a serem indicados para concorrer à disputa às vagas dos MPs dos Estados no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Conselho Nacional de Justiça, biênio 2019-2021. Para o CNMP, a eleição tem candidato único: o promotor de Justiça Lauro Machado Nogueira, atualmente conselheiro do órgão. Para a indicação ao CNJ, são dois candidatos: a procuradora de Justiça Ivana Farina Navarrete Pena e o promotor Carlos Vinícius Alves Ribeiro.

As votações acontecerão, também na sala do Colégio de Procuradores Justiça (sala 201), igualmente no período das 8 às 17 horas, e dela podem participar todos os membros ativos da instituição (promotores e procuradores).

(Texto: Ana Cristina Arruda – Foto: João Sérgio/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)