Exclusivo: primeiro contracheque de supersecretária e primeira-ministra de Caiado é de R$ 42 mil, incluindo “auxílio-hospedagem”

Exclusivo: a estreia da supersecretária e primeira-ministra forasteira da Economia, Cristiane Schmidt, no governo Ronaldo Caiado (DEM) foi recompensada com um belo contracheque em janeiro: R$ 42.242,50, relativos a dois salários integrais e, acredite se quiser, “auxílio alimentação hospedagem”.

Dados do portal da transparência a que o G24Horas teve acesso mostram que o valor total da remuneração é composto pelo subsídio de janeiro, pelo 13.º salário, pago no mês do aniversário do servidor, e por R$ 2.160,00 de auxílio alimentação-hospedagem. Com os descontos, o supercontracheque rendeu no primeiro mês de “trabalho” para Schmidt R$ 32.027,14.

Schmidt ficou conhecida pela firmeza com que vem defendendo a redução de direitos e conquistas para os servidores, inclusive o vale-alimentação que, se dependesse dele, Caiado não teria reinstituído – o auxílio, vale lembrar, foi criado pelo governador Marconi Perillo.

Como revela o contracheque, ao menos agora sabemos que estamos pagando a hospedagem da supersecretária em Goiânia para que ela leve adiante, ao lado de Caiado, a missão de ferrar os servidores.