Lissauer prefere diálogo e ponderação a acionar conselho de ética contra Deputado do Chapéu

O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Veira (PSB), afirmou que a Mesa Diretora não vai representar ao Conselho de Ética contra o deputado Amauri Ribeiro (PRP), conhecido como o homem do chapéu, por quebra de decoro parlamentar.

Lissauer disse que preferiu a ponderação e o diálogo com o colega parlamentar, que comprou briga com servidoras da Casa ao fazer acusações sem provas de contratação de mulheres com finalidade sexual por deputados.

A declaração infeliz do deputado, contudo, serão objeto de ação judicial por parte de um grupo de servidores da Assembleia e as deputadas Lêda Borges (PSDB) e Adriana Accorsi (PT).