Exclusivo: proposta de Caiado revolta de vez os policiais e pela 1ª vez possibilidade de aquartelamento da tropa é cogitada

O que estava ruim ficou pior. A relação entre o governo Caiado e a tropa da Segurança Pública azedou de vez. Nesta quinta-feira, o secretário Rodney Miranda propôs pagar apenas quem ganha até R$ 5,1 mil e está na ativa. O restante dos servidores ficariam esperando sem saber quando seriam pagos. Ao término da reunião, os presidentes de entidades até gravaram um vídeo. Coronel Anésio afirmou que não aceita a proposta.

Nos grupos de WhatsApp, militares já começam a especular, pela primeira vez, a possibilidade de aquartelamento da tropa. “Quem sabe assim o governo dê valor em nós. Ficamos dois dias fechados no quartel e vamos ver…”, diz um dos áudios ao qual o blog teve acesso.

A coisa não está nada boa!