Liderada por Policarpo, aprovação da reestruturação fortalece Câmara de Goiânia e amplia acesso dos cidadãos ao Legislativo

A aprovação do projeto de reestruturação da Câmara de Goiânia, nesta quarta-feira (20/2), é uma vitória da proposta de autonomia e independência, sem radicalismos, do grupo de 23 vereadores que elegeu a nova mesa diretora do Legislativo. A implantação das mudanças, conduzida de maneira habilidosa e ponderada pelo presidente, vereador Romário Policarpo (PROS), visa reforçar o assessoramento jurídico do Poder.

As deficiências na instrução dos projetos de lei vêm comprometendo a aprovação de projetos de lei importantes para o município de Goiânia. As matérias mal instruídas acabam vetadas pelo prefeito Iris Rezende (MDB). Os vetos, então, retornam para o Legislativo para apreciação dos vereadores, obstruindo a pauta.

O número de vetos cresceu enormemente nos últimos anos, porque enquanto o corpo jurídico da Prefeitura cresceu e se aperfeiçoou, a procuradoria da Câmara de Goiânia ficou defasado e reduzido. Com a reestruturação, Policarpo espera diminuir esse desequilíbrio.