Nova Câmara: Policarpo defende “debate profundo” sobre projeto de Iris que parcela dívidas do Paço: “É calote”

O presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo (PROS) defendeu nesta quinta-feira (28) “debate amplo e profundo” em torno do projeto de lei encaminhado pelo prefeito Iris Rezende (MDB) para apreciação do Legislativo que propõe parcelamento das dívidas com fornecedores em 24 meses e desconto de 30% sobre o valor original dos serviços prestados.

“Esta Casa precisa e vai fazer um debate profundo sobre os termos da proposta”, disse Policarpo. “A prefeitura de Goiânia não dá alternativa nenhuma a essas pessoas que têm esses débitos a receber junto à Prefeitura, não abre nenhum tipo de diálogo”, disse o presidente da Câmara de Goiânia “E pior ainda, esse projeto só contempla os processos que estão empenhados, ou seja, as despesas que não foram empenhadas a prefeitura de fato assume o calote, que não vai pagar”, disse.

Policarpo observou que as empresas atingidas pelo decreto afirmam que podem ir à falência. Ele lembra que são dezenas de empregos em jogo junto à imposição do parcelamento.