Piada: Chico KGL diz que Paulo do Vale será candidato à reeleição em Rio Verde por “exigência” da população

O deputado Chico KGL (DEM) – KGL é um supermercado em Rio Verde – não se caracteriza como um político de ideias. Na sua estreia na tribuna da Assembleia, mal deu conta de soletrar um discurso escrito. Mas isso não é demérito algum. O que vale mesmo é a qualidade da ação política e a lucidez dos posicionamentos.

No caso de Chico KGL, o complicado é que, além de não ter ideias, ele também não demonstra discernimento político e se revela um deputado absolutamente desnorteado, sem qualquer sintonia com a realidade. Comporta-se como se fosse um Tonho da Lula, com opiniões que soam como piadas de salão.

Agora mesmo, o folclórico Chico KGL soltou mais uma pérola. Segundo ele, o atual prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, que recentemente foi expulso do MDB e de quem Chico foi vice-prefeito, será candidato à reeleição mesmo contra a própria vontade porque é uma exigência da população local.

Sem muita coisa para dizer sobre as obras realizadas por Paulo Vale no município, ele enumera como grande feito do prefeito a entrega de escolas-containers feitas de lata e oito vagas de UTI, além da reforma de alguma praças. Por fim, sem ficar vermelho e mostrar dados oficiais de institutos de pesquisa, afirma que o prefeito teria aprovação tem 80%.

Se fosse falar a verdade para ganhar respeito e sem impor como político lúcido e bem posicionado , Chico KGL deveria dizer que Paulo do Vale, apesar de administrar um dos município mais ricos de Goiás, faz um péssima gestão em Rio Verde, que a prefeitura está mergulhado no caos financeiro e administrativo, que a gestão municipal é desaprovada pela população, que as absurdas escolas de lata ferem a dignidade dos alunos e professores, que a saúde está aos pandarecos, que não foi feita nenhuma obra importante na cidade nos dois anos, a não ser o recapeamento meia boca de uma avenida no centro da cidade.

Por fim, Chico KGL deveria concluir que Paulo do Vale não é bom prefeito, tem rejeição muito alta e que a população exige que ele não seja candidato à reeleição.

Se fosse nesta direção, já seria um bom início para o deputado começar a ganhar respeito e construir uma imagem positiva como político.