Privilégio: Mabel e Lúcia Vânia estão entre os 29 ex-deputados que se aposentaram em 2019 com proventos de até R$ 33 mil

Apesar de milionários, os ex-deputados Sandro Mabel e Lúcia Vânia (que também foi senadora) aposentaram-se pela Câmara dos Deputados na leva de ex-parlamentares que aproveitaram o privilégio das chamadas aposentadorias especiais.

A média da aposentadoria paga pelo INSS no país é de R$ 1,3 mil, com teto máximo de R$ 5,8 mil. Na Câmara, os valores dos proventos pagos anos novos novos beneficiários das aposentadorias especiais variam entre R$ 8,7 e  R 33 mil, sem a exigência de 35 anos de serviço e idade miníma.

O empresário Sandro Mabel e atual presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, receberá R$ 19,2 mil por mês.

Já ex-senadora Lúcia Vânia embolsará R$ 8,7 mil mensais da Câmara dos Deputados – ela também requereu aposentadoria especial no Senado Federal.