Urgente: em assembleia agora, trabalhadores da Mitsubishi reprovam redução de jornada de trabalho e salário

O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT) e os trabalhadores da Mitsubishi reprovaram nesta manhã, em assembleia, a proposta apresentada pela empresa para redução de jornada e de salário. A montadora propôs redução nos salários que variam entre 3% e 15%, de acordo com a quantidade de dias não trabalhados no mês, podendo ser entre 1 e 4 dias. A proposta também garantia a suspensão das demissões por 90 dias. A proposta foi recusada porque os metalúrgicos se comprometeram a lutarem juntos com o Sindicato para que o percentual seja de no máximo 10% para 3 dias não trabalhados no mês.

Observando o cenário econômico que ainda não favorece a classe trabalhadora, a ideia de redução de jornada e de salário partiu do SIMECATna tentativa de impedir que novas demissões aconteçam. De janeiro até hoje, aproximadamente 130 metalúrgicos foram demitidos. Segundo a empresa, mais 200 trabalhadores seriam desligados nos próximos dias. As demissões estão ocorrendo, principalmente, devido ao corte nos incentivos fiscais do Estado. (Texto Blog do Badiinho)