Humberto Teófilo é massacrado ao tentar defender maldades do governo Caiado

Na tarde desta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, a oposição massacrou o deputado estadual Humberto Teófilo (PSL), que tentava defender as maldades do governo Caiado. Entre as indefensáveis medidas de Caiado que Teófilo tentava defender, estavam o calote no salário de dezembro e o corte nos incentivos fiscais.

Massacraram-no Talles Barreto (PSDB), Coronel Adailton (PSDB), Leda Borges (PSDB) e Gustavo Sebba (PSDB).

Ao fim do debate, ele ficou com esta cara que aparece na foto.