Virou piada: diretores indicados por Caiado para Codego não têm formação superior nem certidões negativas

Seria cômico se não fosse trágico: os nomes que seriam indicados pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) para o comando da Codego não têm a menor condição técnica de assumir as coordenações escolares.

Os motivos são os mais inacreditáveis, mas em especial o fato de os diretores apaniguados por Caiado não terem curso superior ou as certidões negativas exigidas para a posse. Em alguns casos, não têm nenhuma das duas coisas. O diploma e o nada consta são exigências da legislação para a nomeação dos diretores.

Do jeito que a coisa anda no governo, não é de duvidar que Caiado mude a legislação de nomeações para fazer valer suas vontades de rei mandão.