Mabel quer censurar deputados e impedir realização de CPIs na Assembleia

Embora seja ex-parlamentar, o presidente da Fieg, Sandro Mabel, está tentando censurar e impedir deputados de instalarem CPIs na Assembleia para investigar a Enel e os incentivos fiscais.  Ele diz que as consequências serão danosas à população e que Goiás corre o risco de perder o novo ciclo de crescimento do País, devido à insegurança jurídica generalizada que foi instalada no Estado, afugentando a instalação de novas indústrias.

A acusação também vale para Caiado.

“Se não tivermos uma política de incentivo que mostre que Goiás quer as indústrias, vamos fazer parte da história da desindustrialização do Estado”, acrescentou. 

O ataque ocorreu na reunião do Conselho do Fomentar/Produzir.