Forasteira Cristiane Schmidt espalha terror fiscal em Goiás: nem frango de viúva é perdoado

Depois de destruir a imagem de Goiás com o discurso de terra arrasada e espantar investidores, a secretária forasteira da Economia, Cristiane Schmidt, implantou o terrorismo no aparelho fiscal do estado.

Nesta quarta e quinta-feira (20 e 21), ela comandou a Operação Grãos II, que cercou as fronteiras Sul, Sudeste e Norte de Goiás, com bases de fiscalização nos municípios de Catalão, Goiás, Goianésia, Iporá, Rio Verde, Jataí e Itumbiara.

Nem frango de viúva foi perdoado.

No total, foram abordados 1.010 veículos e feitas apreensão de 52 cabeças de gado, 450 quilos de soja, maços de cigarro,  caixas de cerveja e sacas de milhos, dentro outras mercadorias.

Pelo aparato mobilizado e o resultado final apurado – foram arrecadados pífios 350 mil reais -, pode-se concluir que a Operação Grãos II foi um fiasco, a não ser para irritar motoristas e espalhar o terror fiscal.