Funcionário fantasma: assessor nomeado com salário de R$ 4,2 mil pelo prefeito de Rio Verde não aparece para trabalhar

O assessor lotado no gabinete do prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, José Alves Flori, recebe R$ 4.204,00 por mês, mas não aparece para trabalhar.

O G24H ligou três vezes para a prefeitura de Rio de Verde e em todas as ocasiões ouviu que José Alves Flori não trabalha no gabinete do prefeito nem qualquer outro local da prefeitura.

A denúncia do funcionário fantasma, conhecido na cidade com o apelido de Zé Bigode, é baseada em documentos oficias e foi encaminhada pelo Whatsapp do G24H, que decidiu publicá-la depois de analisar a veracidade dos fatos.

Confira: