Paulo do Vale prepara pacote que pode inviabilizar o Uber em Rio Verde; 300 motoristas do aplicativo podem ficar desempregados. Veja o documento

Mais uma encrenca de Paulo do Vale: o prefeito de Rio Verde ultima preparativos para regulamentar o Uber no município com exigências descabidas e já levanta polêmica junto aos motoristas do aplicativo, que estão revoltados. Em mensagem ao Whatsapp do G24H, os trabalhadores do UBER denunciam que são tantas as dificuldades colocadas  pelas do prefeitura, que o prefeito vai acabar com o serviço na cidade.

O transporte público em Rio Verde é precário e nada foi feito pelo prefeito para melhorar as condições de acessibilidade na cidade.

Nunca houve licitação para o serviço de ônibus e a empresa que opera na cidade em está há trinta anos trabalhando de forma irregular e pouco eficiente.

O Uber ocupou uma faixa importante no transporte público em Rio Verde e os motoristas do aplicativo estão preocupados com o que a prefeitura vai fazer, uma vez que até agora não foram chamados para discutir o projeto de regulamentação.

Se o serviço for inviabilizado por exigências descabidas, 300 país de família podem ser jogados no desemprego, beneficiando apenas os 50 taxistas que circulam na cidade.

O motoristas do Uber estão se mobilizando e promete fazer barulho em Rio Verde se forem perseguidos por Paulo do Vale.

A cobra vai fumar.

Leia com exclusividade o projeto de Paulo do Vale para o Uber em Rio Verde.

Projeto para Uber em Rio Verde