AD

Enquanto professores penam para receber dezembro, secretária da Educação é nomeada como conselheira da Ceasa com jeton de 2 mil 100

O que a secretária forasteira da Educação de Ronaldo Caiado, Fátima Gavioli, sabe sobre abastecimento alimentar? Por certo nada, mas bem abastecido mesmo está o contracheque da auxiliar importada de Rondônia.

Gavioli foi incluída, por decreto, no Conselho de Administração das Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). A atribuição dela é participar de uma reunião por mês do conselho, o que garante a secretária um complemento de R$ 2.100,00 no salário de R$ 22 mil com titular da Educação.

Que bonito.