Pressionado, Caiado cede e agentes do socioeducativo suspendem paralisação

NOTA DE ESCLARECIMENTO AO MOVIMENTO PARADISTA
O Sindicato dos Servidores do Sistema Socioeducativo – SINDSSE/GO vem informar que desde a deliberação e comunicação sobre a suspensão das atividades por 48 horas, esta entidade foi convocada a negociar com o governo, por meio do Secretário do Desenvolvimento Social, senhor Marcos Cabral que prontamente entendeu a situação delicada em que nós servidores nos encontramos e com isso, acordou junto a Secretaria de fazenda a inclusão de todos os servidores pertencentes ao Grupo Executivo de Apoio à Crianças e Adolescente – GECRIA no escalonamento previamente definido à Segurança Pública, ou seja, a inclusão dos servidores do sistema socioeducativo no pagamento escalonado a partir do mês de março iniciando com a remuneração de 5.100 reais.
Tal pagamento se dará da seguinte forma, os servidores que recebem a remuneração de Dezembro/2018 no valor de até 5.100 reais será contemplado no último dia útil do mês de março. Esclarecemos ainda que com a nossa inclusão nesse tipo de escalonamento semelhante a segurança pública, permitiu que o restante dos servidores do socioeducativo que irão receber valores maiores já estarão inclusos nos meses subsequentes de acordo com a sua remuneração total do mês de dezembro, seguindo o escalonamento.
Diante desse acordo, este sindicato pondera pelo fim do movimento paradista acordado para o inicio do dia de hoje, por aceitar o acordo proposto pelo governo.
Destacamos ainda que esta entidade não mede esforços em lutar pela garantia dos direitos dos seus servidores, ressaltando que a luta deve sempre ser coletiva, onde todos juntem forças em prol da nossa categoria. Ressaltamos ainda o esforço do atual secretário junto ao governo de sanar prontamente as demandas apresentas a fim de se evitar problemas maiores, primando pelo bom diálogo.
Formosa, 28 de Março de 2019.