Jânio Darrot defende fusão da CDTC com CMTC: “Projeto está sendo elaborado”

Em entrevista exclusiva ao jornal digital A Redação, o prefeito de Trindade e presidente da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), Jânio Darrot (PSDB), defende a fusão da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) com a CDTC. Para ele, seria um grande passo para a reestruturação do sistema de transporte coletivo na região metropolitana. Jânio afirmou que ainda não há uma data prevista para a reunião que discutirá o reajuste da tarifa e enfatizou que o assunto só será colocado em pauta após algumas definições.

“Nós [da CDTC] iríamos apresentar na reunião que foi cancelada uma proposta de alteração no sistema de gestão, mas decidimos levar o projeto pronto, já formatado”, disse o presidente da CDTC ao destacar que a ideia é acabar com o “duplo comando” no sistema de transportes da Grande Goiânia. “Um projeto onde vamos delimitar realmente as atribuições das empresas e do poder público, sempre priorizando a melhoria do serviço”.
Conforme explica, caso haja a fusão da CDTC com a CMTC, a Câmara Deliberativa deixaria de participar apenas de encontros pontuais, como no momento de definir o reajuste da tarifa, e passaria a atuar mais ativamente de todo o processo envolvendo o transporte público.
Jânio reconhece que dificilmente a tarifa não passará por reajuste, já que o cálculo foi aprovado duas vezes pela Agência Goiana de Regulação, mas, segundo ele, é preciso garantir que as metas acordadas em contrato com as empresas sejam, de fato, cumpridas. “Se as empresas não cumprirem as metas, elas não poderão contar com o reajuste”, conclui.