Funcionários do Crer preparam nova mobilização contra cortes em salários; reunião com diretoria acabou sem acordo

Os funcionários do Crer (Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Doutor Henrique Santillo) preparam nova mobilização para esta terça-feira (2/4) contra os cortes nos salários determinada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM).

A reunião entre os servidores e a direção da Organização Social de Saúde (OSS) Agir, responsável pela gestão compartilhada do Crer, terminou sem acordo. Caiado terminou o corte de triênios, quinquênios, assiduidades e redução da insalubridade dos trabalhadores.

Pura maldade.