Governo Ibaneis reduz ICMS para evitar fuga de empresas atacadistas para Goiás

O governador Ibaneis Rocha assinou nesta segunda-feira (1) decreto que institui no Distrito Federal a alíquota de 3% de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o comércio atacadista do DF. A tributação, até então, era de 5%. A medida cria uma isonomia fiscal, ou seja, estabelece regras semelhantes ao benefício já concedido pelo Governo de Goiás a empresas do mesmo porte em atividade naquele estado.

Com a assinatura, Ibaneis equipara o DF ao estado vizinho e evita que empresas instaladas por aqui se transfiram para Goiás, em busca de uma carga tributária menos onerosa. As regras propostas tornarão o mercado local mais atraente também para novos investimentos, com possibilidades, inclusive, de incremento da arrecadação de impostos do GDF e o aumento do emprego e da renda.