Daniel Vilela: Caiado não pagou dezembro por “birra política” e penalizou o servidor

Na entrevista à Sagres, Daniel Vilela, presidente do MDB e  ex-adversário de Caiado na eleição passada, criticou a opção de não pagar o mês de dezembro aos servidores. Ele acha que foi por “birra política”. Para Daniel, o governo poderia ter pago dezembro em janeiro e assim sucessivamente, evitando desgastes com os servidores públicos. “As pessoas estão incrédulas, esperavam mudanças. O governo está perdido”.