“Onde posso levar minhas contas atrasadas para Caiado pagar?”, pergunta servidor demitido sem salário de dezembro

Um ex-servidor do Estado demitido pelo governo Ronaldo Caiado (DEM) relata ao blog as dificuldades financeiras enquanto aguarda o pagamento do salário atrasado de dezembro.

“Minha mãe precisa de remédio. A farmácia porque não nos vende mais, porque não recebemos e não pagamos a conta”, relata o ex-servidor.

Leia a íntegra do depoimento:

“Eu me chamo Marcos, sou ex-servidor do Estado. Caiado não tem coração e nem amor pelo próximo. Mandou os comerciantes venderem fiado, até agora não nos pagou. Como vamos pagar o que compramos no comércio? Cortou o Ipasgo, estou precisando operar uma érnia. Luz, água e IPVA do meu carro estão atrasados. Não posso andar no meu carro. Além disso há blitze por todo lado. Minha mãe precisa de remédio. A farmácia porque não nos vende mais, porque não recebemos e não pagamos a conta. Caiado só fala rindo, debochando dos servidores. Vou procurá-lo para perguntar: onde posso levar as minhas contas para ele pagar? Já são 102 dias (de atraso). Será que ele, se fosse dono de comércio, aceitaria fiado?”