Tocantins: governo promove policiais militares e bombeiros. Em Goiás, Caiado não paga promoção de setembro

O governador Mauro Carlesse participa nesta segunda-feira, 22, às 18h30, de evento no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas, onde acontecerá a solenidade de promoção de policiais militares e bombeiros por critérios de merecimento e antiguidade e escolha, este último caso com os tenentes-coronéis promovidos a coronéis.

De acordo com um estudo feito pela Polícia Militar do Tocantins (PM), cerca de 1.541 policiais serão promovidos (303 oficiais e 1.238 praças) e 144 irão para a reserva (aposentadoria). O valor economizado pelo Estado com os policiais que vão se aposentar dará para pagar a promoção dos demais PMs e ainda haverá um superávit de cerca de R$ 4 milhões.

Já em relação aos bombeiros, serão promovidos 186 e oito irão para a reserva, desonerando a folha de pagamento do Estado em cerca de R$ 230 mil por mês. Segundo o Corpo de Bombeiros, os militares que vão se aposentar pertencem ao efetivo administrativo, não reduzindo assim o efetivo operacional de atendimento nas ruas.

Em Goiás, Caiado não paga promoção feita em setembro de 2018.