Secretária forasteira da Educação foi à Alego atender os deputados, mas os deputados não deram as caras para despachar com ela

A secretária da Educação, Fátima Gavioli, resolveu correr atrás do prejuízo e foi despachar nesta segunda-feira na Assembleia Legislativa (Alego) para aparar arestas e reduzir seu desgaste com os deputados estaduais.

Mas ela deu com os burros n’água: os  deputados não apareceram e ela acabou submetida ao vexame de fazer despachos com os assessores dos parlamentares.

Não que o assessores não tenham importância. Ao contrário, têm muita. O esquisito da situação é que os deputados não deram as caras. O que sugere que algo definitivamente não vai bem entre eles e a titular forasteira da Seduc.