Guerra à Educação: Caiado fecha escolas, reduz gastos e persegue professores; Bolsonaro corta 30% no orçamento do MEC

O bolsocaiadismo abriu guerra à Educação, sem meias palavras ou disfarces.  Em Goiás, Caiado fecha escolas, reduz gastos e persegue professores. Em, Brasília, Bolsonaro corta 30% no orçamento do MEC. Dois governantes e um objetivo: destruir a Educação.