MPF recomenda exoneração de superintendente do Iphan em Goiás, indicado, de forma vergonhosa, por Professor Alcides

Em recomendação enviada ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, o Ministério Público Federal (MPF) pediu que torne sem efeito portaria de nomeação de Allysson Cabral para o cargo de superintendente regional do Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan) de Goiás. O documento é assinado por procuradores da República em Goiás e por membros da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico do MPF (4CCR). No texto, os procuradores alegam que Allyson não tem perfil e formação adequados para o cargo e que a nomeação não atende ao interesse público e à legislação, configurando desvio de finalidade.

Ver mais

MPF: indicado por Professor Alcides ao Iphan não tem perfil e formação para o cargo e nomeação não atende ao interesse público e à legislação

Na recomendação enviada ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, o Ministério Público Federal (MPF) os procuradores da República em Goiás e por membros da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico do MPF dizem que Allyson não tem perfil e formação adequados para o cargo e que a nomeação não atende ao interesse público e […]

Ver mais

Em pronunciamento deprimente, Oséias Varão se posiciona contra Fundo Especial da Câmara e é derrotado

Em um pronunciamento deprimente, marcado pela defesa do agachamento da Câmara de Goiânia às vontades do prefeito Iris Rezende (MDB), o líder do governo Oséias Varão (PSB) se manifestou nesta quinta-feira (26) contra a criação do Fundo Especial para o Poder Legislativo.

Para Oséias, a Câmara de Goiânia não pode ser um poder independente e autonômo. Ele defende que a Casa “economize” recursos e os devolva para a Câmara.

Ver mais

Andreyzinho faz campanha contra criação de fundo para Câmara, mas está em Foz do Iguaçu com recursos do Legislativo

Ausente da sessão plenário que aprovou em primeira votação a criação do Fundo Especial da Câmara de Goiânia, o vereador Andrey Azeredo (MDB) está fazendo campanha contra a proposta nas redes sociais.

O curioso é que Andreyzinho diz, no vídeo, que a Câmara de Goiânia tem de economizar e devolver recursos para a Prefeitura, mas ele está batendo perna, com diárias e passagens áreas pagas pela Casa, em Foz do Iguaçu (PR).

Ver mais

Tá de brincadeira: diretor da Enel afirma que tarifa cobrada pela empresa não é alta

O diretor de Relações Institucionais da Enel, Humberto Eustáquio, respondeu aos questionamentos levantados durante a audiência pública que debate fornecimento de energia elétrica em Goiás. Ele explicou que a empresa Enel tem interesse em investir na geração de energia solar. “Nós não podemos continuar desprezando uma fonte tão importante de energia, como o sol. A Enel não tem nada contra a expansão desse tipo de energia”, afirmou.

Ver mais

Enel não repassa créditos a quem tem geração própria, reclama empresário

Empresário da área de implantação projetos de energia limpa, Cristianderson Ribeiro, representante do Fórum Permanente de Assuntos Relacionados ao Setor Energético de Goiás, participa da reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dea Enel, na manhã desta quinta-feira, 26, na Assembleia Legislativa de Goiás. Ribeiro apresenta os entraves pelos quais empresas e clientes tem passado, principalmente por causa da forma de atendimento oferecida pela empresa fornecedora de energia em Goiás, a italiana Enel.

Ver mais

Diretoria de Colégios Estaduais viram moeda de troca política do grupo de Caiado

Na sexta-feira (21), a diretora Vanda, o corpo docente e os alunos do Colégio Estadual São José, em Jaraguá-Goiás, tiveram uma surpresa nada agradável. Ronaldo Caiado demitiu a diretora e nomeou para o lugar a esposa do vereador Odair da Vizzado, a professora Joelma. O que surpreendeu a comunidade é que a diretora Vanda vinha fazendo um trabalho muito elogiado tanto pelos alunos, pais quanto professores. O caso ainda lança uma indagação se é essa a nova conduta de Caiado quanto aos cargos de diretores da Rede Estadual.

Ver mais

CNTE convoca todos para as mobilizações nos dias 2 e 3 de outubro para barrar os cortes na educação

Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a conjuntura educacional vem se tornando caótica: o projeto “escola sem partido”, a militarização das escolas, o ataque à liberdade de cátedra, a retirada de verbas das universidades e dos subsídios aos programas de pesquisa são atitudes autoritárias e fascistas de um (des)governo com a marca da destruição. “É por isso que todos devemos estar nas ruas, nas diversas mobilizações marcadas para o dias 2 e 3 de outubro, para barrar esses retrocessos”, conclama o presidente da CNTE, Heleno Araújo.

Ver mais

“Goiás é um verdadeiro paraíso fiscal”, critica relator de CPI na Assembleia

“Goiás é um verdadeiro paraíso fiscal”, criticou o deputado Humberto Aidar, relator da CPI dos Incentivos Fiscais, em entrevista à rádio Sagres, nesta quinta-feira. “Vamos apresentar nesse relatório final, exatamente a questão da contrapartida, muitas empresas não cumprem essa contrapartida, empresas que prometeram 800 empregos e geraram 200, outras que prometiam no contrato 300 empregos, […]

Ver mais

Aidar: Laticínios Bela Vista/Piracanjuba só pagou 0,75% em ICMS

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais, deputado Humberto Aidar (MDB), disse em entrevista à Sagres 730, nesta quinta-feira (26), que a Laticínios Bela Vista/Piracanjuba teve uma carga de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em torno de 0,75%. “A Piracanjuba cresceu tanto que comprou uma parte da Nestlé, ela recolhe 0,75% de ICMS”, revelou.

Ver mais

“Cargo de diretor de escola não é trampolim político”, diz Sintego para Caiado

]A presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Goiás (Sintego) em Jaraguá, professora Rosária Nogueira, disse que o governador Ronaldo Caiado (DEM) errou ao demitir a diretora Vanda Alice da Silveira, do colégio estadual São José, para abrigar a esposa do vereador Odair da Vidazzo. Rosária afirma que o colégio não pode ser usado de trampolim político e defendeu eleições democráticas nos colégios, para evitar ingerência política e disse que a permanência de Vanda Alice pelo menos até o final do ano letivo é fundamental.

Ver mais

Polêmica no TCE: Ferrari denuncia que governo Caiado não está dando publicidade às licitações

O conselheiro Edson Ferrari denunciou, durante sessão ordinária do Pleno realizada na tarde de quarta-feira (25/set), que governo Caiado não está dando publicidade às licitações.
“Parece-me presidente, e a aqui conclamo os demais conselheiros, que se trata de um orientação de caráter geral. Porque não se pode, em pouco tempo, três polos de suma importância na estrutura governamental estarem desconhecendo o devido processo licitatório para contratação até de somas vultosas. Com burla, a meu ver, da (lei) 8.666 (de 1993, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos ”, declarou. Ele se referia a processos na Agehab, Detran e Goiás Parcerias.

Ver mais

CPI: Aidar diz que Novo Mundo é empresa de varejo e não pode receber incentivos fiscais

Durante entrevista à rádio Sagres, nesta manhã, o da CPI dos Incenticos Fiscais deputado Humberto Aidar, disse que o Grupo Novo Mundo é uma empresa de varejo e que não pode receber o crédito outorgado. “Empresa de varejo não tem como ter o crédito outorgado, nós comparamos com as Casas Bahia e Ponto Frio, essas duas não tem nenhum incentivo em Goiás”, afirmou.

Ver mais