Morrinhos: homem é detido depois de ameaçar divulgar fotos íntimas da ex-namorada

Um homem de 35 anos foi preso na cidade de Morrinhos após exigir vantagens sexuais para não divulgar fotos íntimas da ex-namorada. De acordo com a Polícia Civil, a ação do suspeito configura crime de tentativa de estupro por meio virtual.

Segundo a vítima, as cenas íntimas teriam sido gravadas quando ela ainda se relacionava com o suspeito. Por meio de mensagens, o homem exigia vantagens sexuais para não divulgar as imagens na internet.

Ver mais

Anápolis: prefeito Roberto Naves comemora um ano de reestruturação da saúde com inauguração da nova Cafa

Sistema inteligente para controle de estoque, espaços apropriado para armazenamento de insumos e medicamentos e distribuição facilitada. Esta é a nova Central de Assistência Farmacêutica de Anápolis (Cafa) inaugurada nesta quinta-feira, 7, pela Prefeitura de Anápolis. A unidade superou a central de Aparecida de Goiânia, considerada modelo no Estado de Goiás, em estrutura e modernidade.

Ver mais

Alô, Ministério Público, jornalistas estariam prestando serviços ao governo do estado sem estar na folha

Conforme denúncia recebida em nosso WhatsApp, diversos jornalistas ligados à uma grande emissora e à grandes jornais da capital estariam trabalhando em órgãos públicos estaduais sem constar nas respectivas folhas de pagamentos.
Um exemplo é o jornalista Pedro Nunes, que atualmente presta serviço para a Codego e para o jornal O Popular, simultaneamente.

Ver mais

Fora, Enel! Deputado Amauri Ribeiro cobra medidas sobre a falta de energia no estado

Durante a reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades no fornecimento de energia elétrica por parte da empresa Enel, o deputado Amauri Ribeiro (Patriota) afirmou que representa na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) a parte mais prejudicada pela Enel, os consumidores. Ribeiro se posicionou de forma bastante dura frente aos representanes da empresa no encontro em curso na auditório Solon amaral.

Ver mais

Ataques de José Alves revoltam deputados, que vão convocar o empresário tubarão para depor na CPI dos Incentivos Fiscais

Os ataques do presidente da Adial Brasil e dono da Coca Cola em Goiás, José Alves, repercutiram negativamente na Assembleia Legislativa e revoltaram os deputados.

O empresário fez ataques ao deputado Humberto Aidar (MDB), classificou a CPI dos Incentivos Fiscais como “circo” e defendeu interferência para recolocar o Legislativo de Goiás no “bom rumo”.

Ver mais

José Alves diz que CPI é circo, ataca Humberto Aidar e defende interferência para recolocar Assembleia Legislativa no ‘bom rumo’

Mensagem do presidente da Adial Brasil e dono da Coca-Cola em Goiás, José Alves, ao presidente da Fieg, Sandro Mabel, causou revolta e indignação nos deputados que integram a CPI dos Incentivos Fiscais.

No texto repleto de erros de português a que o G24H teve acesso com exclusividade, José Alves elogia Mabel por contestar as “barbaridades” praticadas pelo Legislativo estadual, “especialmente na pessoa do deputado Aidar”, contra o desenvolvimento industrial e econômico de Goiás.

Ver mais

Henrique Arantes condena proposta de Bolsonaro de reduzir número de municípios: “Falsa ideia de economia”

O deputado estadual Henrique Arantes (MDB) disse que é falsa a ideia de que haverá economia de dinheiro público com a proposta do presidente Bolsonaro de acabar com os municípios com menos de 5 mil habitantes. Henrique afirma que o dinheiro continuará a ser gasto, mas só nos locais onde morar o prefeito. “Esses municípios menores serão transformados em distritos e serão abandonados, assim como estão os distritos de hoje”. 

Ver mais

Esfregando as mãos para ferrar os servidores, Caiado comemora aprovação da Reforma da Previdência na CCJ do Senado

O governador Ronaldo Caiado (DEM) trocou menagens no Twitter com Davi Alcolumbre (DEM) para comemorar a aprovação da Reforma da Previdência na CCJ do Senado.

Esfregando as mãos, Caiado disse que que só está esperando o plenário do Senado aprovar a matéria para começar a tramitar na Assembleia Legislativa a reforma previdenciária para ferrar os servidores públicos em Goiás.

Ver mais

Consolida-se a percepção de que Caiado não dá conta de administrar o estado

Entre jornalistas (até os caiadistas), políticos, deputados(inclusive da base governista), técnicos e servidores públicos consolida-se a percepção de que Caiado não dá conta de administrar o estado. Passados dez meses de governo, nada avançou, a gestão continua sem rumo e projetos e o governador correndo atrás do Regime de Recuperação Fiscal.

Ver mais