(Vídeo) Sintego diz que governo Caiado não quer garantir reajustes, progressões e piso salarial

O Sintego teve mais uma reunião improdutiva com a secretária Fátima Gavioli. No debate, o pagamento de progressões, piso salarial e data-base. Porém, a situação é crítica. O governo Caiado não sinaliza boa vontade em garantir os direitos dos servidores. Caiado, por exemplo, quer pagar o piso salarial apenas para quem ganha abaixo de R$ 2,5 mil. O Sintego não concorda e diz que é um achatamento da carreira de professor.

As derrapadas do rei Roberto Carlos

Reportagem recente do Diário da Manhã revela o jeitão do cantor Roberto Carlos de fazer as coisas e cita plágios, apoios a causas furadas e escolhas questionáveis. O jornal agora quer saber até quando persistirão, por exemplo, denúncias de plágio contra o “rei”.

Ver mais

Prefeitura de Anápolis finge que está tudo bem, mas licitação petista permanece sob suspeita

Ao procurar defender uma estação ferroviária de 80 anos, matéria do Diário da Manhã trouxe à tona a licitação do transporte coletivo de Anápolis, esbarrada na Justiça desde fevereiro de 2013 e que pode estar prestes a contemplar interesses do grupo político ligado ao prefeito Antônio Gomide. Nos autos do processo da licitação, uma das empresas concorrentes alega que a outorga pode chegar a R$ 27 milhões – o que seria inexequível.

Ver mais

Apertado com a falta de aliados e de apoio, Vanderlan descabela e anuncia que “só tenho o povo do meu lado”. Que povo? Já viu algum “povo” ao lado de Vanderlan, leitor?

“Na verdade, só tenho o povo do meu lado”. A frase é do empresário Vanderlan Cardoso, respondendo a uma questão sobre os aliados e o apoio que teria para a sua candidatura a governador. Pergunta que não calar: quem, até hoje, viu algum “povo” do lado de Vanderlan? Em centenas de fotografias que ele mesmo publica no Facebook, nunca apareceu povo nenhum, só gatos pingados.

Ver mais

Grupo JBS-Friboi tem patrimônio de R$ 8 bilhões e dívida de R$ 30 bilhões. Nenhuma empresa bem administrada deve tanto assim

O grupo JBS-Friboi tem um patrimônio de R$ 8 bilhões, mas deve ao BNDES e a bancos privados R$ 30 bilhões. É uma dívida alta demais e totalmente fora dos padrões de boa governança das grandes empresas. O JBS-Friboi recebeu mais de R$ 20 bilhões do BNDES, a juros subsidiados, ou seja, por conta do povo brasileiro.

Ver mais

Jornal impresso em decadência: de cada 100 goianos, apenas 9 ainda leem jornais e a metade não acredita no que lê

Você ainda lê jornais impressos, leitor? Pois saiba que apenas 9% dos goianos ainda leem, segundo pesquisa do Ibope publicada hoje em O Popular. E, dos que leem, apenas a metade acredita no que lê. Pesquisa apenas confirma o que todo mundo já sabe: depois da internet, a imprensa em papel caminha rapidamente para o fim.

Ver mais