A herança sinistra que Maguito deixou para Gustavo Mendanha: um déficit de 10 mil vagas em Cmeis. Famílias sofrem com descaso

Aparecida de Goiânia

Uma das principais pautas da imprensa de Goiânia esta semana (TV Anhanguera, CBN e outros) foi a falta de vagas em Cmeis de Aparecida de Goiânia. Hoje, o sistema de educação infantil de Aparecida tem quase 3 mil vagas e em poucas horas todas as vagas foram preenchidas.

A TV Anhanguera mostrou que agora os pais entram no site ou telefonam na central, mas nada funciona. Não há mais vagas. As reportagens afirmaram que o déficit é estimado em pelo menos 10 mil vagas. Ou seja, milhares de famílias não têm onde deixar os filhos pequenos e estão sofrendo.

O ex-prefeito Maguito Vilela (PMDB) ficou oito anos no cargo e não conseguiu ao menos diminuir essa demanda. Tem Cmei, que recebeu verba federal, que era para ter ficado pronto em 2015, mas até hoje a construção está abandonada.

Essa é a herança (maldita) que Maguito deixa para seu pupilo e agora prefeito, Gustavo Mendanha. O problema não é de solução fácil. Os municípios estão em crise e a arrecadação caiu. E o governo federal, bem, esse não precisa nem falar. Não tem dinheiro para nada.