Eliton desconcerta Caiado em debate sobre Segurança

O vice-governador José Eliton (PSDB) desconcertou o senador Ronaldo Caiado (DEM) no debate que se sucedeu à rebelião no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na última segunda-feira. Ao contrário do que fez o senador, o vice-governador manteve o tom respeitoso do começo ao fim da nota publicada na noite desta terça-feira e censurou o esforço irresponsável de Caiado de politizar um assunto que envolve vidas e dilacerou famílias.

Foi um belo sermão o que o vice deu no senador. “Como representante legítimo das oligarquias que mantiveram Goiás no atraso, Caiado prefere o caminho da crítica vazia, sem nenhum compromisso com os interesses da sociedade. Ele quer voltar aos tempos dos coronéis, quando não havia respeito ao Direito, e o que valia era a força do chicote, da espora e da bota”, disse Eliton na nota.

O vice-governador demonstrou, com fatos, que o governo vem tratando com absoluta responsabilidade o assunto da Segurança Pública desde 2011 e que o episódio que aconteceu não pode ser debitado na conta do Estado, que tem feito a sua parte para manter a disciplina interna nos presídios. Tudo resulta de uma guerra de facções. Transformar isso num cavalo de batalha eleitoral, disse o vice, é irresponsável.