Caiado abandona Anápolis: com repasses atrasados, governo não formaliza convênio para Santa Casa

Mesmo tendo nascido na cidade, desde de janeiro, Caiado não faz o repasse mensal para a Santa Casa de Misericórdia de Anápolis, no valor é de R$ 429 mil.Até o momento, também não formalizou um novo convênio para Santa Casa, para custear o serviço de alta complexidade que é realizado, como cirurgias, leitos de UTI, a própria maternidade e todo serviço que a Santa Casa presta.
O atendimento da Santa Casa só permanece funcionando em sua totalidade porque há um convênio entre Prefeitura de Anápolis e a Secretaria Municipal de Saúde com a Santa Casa de Misericórdia, com um repasse de R$ 600 mil para a filantrópica.