Dor de cabeça ao trabalhador: negociações não avançam e motoristas da Metrobus mantêm indicativo de greve na segunda

Os funcionários da Metrobus, empresa que administra o Eixo-Anhanguera, protestam contra a redução pela metade do tíquete alimentação, e o corte do anuênio, que equivale a 3% do salário. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário em Goiás, Alberto Magno, até esta quinta-feira (9) não houve negociação, e a greve está mantida para a próxima segunda-feira (13), informa Samuel Straioto, da rádio Sagres730.